Consultores 30.11: Diferença entre Chávez e Capriles …

Caracas, 10 Set. AVN.- A 27 días das eleições presidenciais, a diferença entre Hugo Chávez e  Henrique Capriles é de 22,1 %, segundo o mais recente informe da renomada empresa Consultores 30.11.
O levantamento apontou que 56,5 % votarão por Chávez, enquanto 34,4 % o farão por Capriles, informou o diretor da empresa, Germán Campos, quem destacou que o apoio a  Chávez vem se mantendo em torno de 57 % nas 8 sondagens feitas. [Desconsiderados os votos não afirmativos, Chávez tem 62,15% contra 37,85 de Capriles.]
O levantamento, Clip Eleitoral, foi realizado entre el 2 e 6 de setembro, baseado em 3150 entrevistas em 16 estados do país, com um nível de confiança de 95% e uma margen de erro de mais ou menos 3%.
Ante a pregunta “Por qual candidato v. jamais votaría?”, 54,6 % rejeitaram Capriles e 27,2 % rejeitaram Chávez.
Por outra parte, o informe indicou que independentemente de suas preferências e intenção de voto, 62,3 % creem que Chávez ganhará frente aos 25,3 % que consideram que triunfará Capriles.
Aprovada a gestão de Chávez
Das 3150 pessoas consultadas, 67,8 % qualificam de excelente a regular para boa a gestão de Chávez ante 30,4 % que qualificam de forma negativa o trabalho do executivo de regular a mau até péssima.
64% aprovam a Resposta do governo ante o incidente de Amuay
O estudo revelou ademais que 64 % aprovaram a atenção prestada pelo governo com relação ao incidente de 25 de agosto na refinaría de Amuay, Centro de Refinon Paraguaná , estado Falcón.
Outrossim, 61 % aprovam a administração da indústria petroleira nacional por parte de  Chávez e 67 % avaliaram positivamente a Resposta do governo ante as emergências provocadas pelas chuvas de agosto.
Apoio à Venezuela Socialista
A proposta feita por Hugo Chávez de construir uma Venezuela socialista é apoiada por 50,9 % dos entrevistados, enquanto 32,3 % manifestaram estar em desacordo com este modelo sócio-econômico.
Campos puntualizou que esta variável não é de percepção, nem de avaliação, e sim um indicador de identificação “em termos de um modelo e uma proposta de país que o presidente Chávez desde o ano 2005 fez aos venezuelanos”.
Campos mostrou também que nos últimos 4 informes de Consultores 30.11 a identificação com este modelo de país tem permanecido entre 47 % e 51 %, enquanto o desacordo tem variado entre 33 % e 31 %. “Quer dizer, estatisticamente falando não há variações significativas”, disse.