O Partido dos Trabalhadores saúda a assinatura do Acordo de Paz entre o Governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia-Exército do Povo (FARC-EP) no dia 26 de setembro de 2016.
Saudamos as duas partes pelo seu esforço de, pelo menos, quatro anos de negociações para lograr um acordo final que possa pacificar a Colômbia, reconciliar seu povo, resgatar o pleno respeito aos Direitos Humanos e promover a justiça e o retorno à normalidade dos milhões de afetados por estas décadas de guerra insana.
Da mesma forma saudamos o empenho dos governos de Cuba e Noruega,que auspiciaram várias das reuniões entre as partes e atuaram como mediadores do processo, bem como os governos do Chile e da Venezuela, que contribuíram com o
seu acompanhamento e observação.
Temos esperança que no dia 2 de outubro a ampla maioria da população colombiana, no plebiscito a se realizar, ratifique o acordo com um expressivo “SIM” e, mais do que isso, colocando-se vigilante e mobilizada para que a paz não seja
solapada por interesses políticos e econômicos mesquinhos daqueles que presentemente têm se oposto às negociações de paz.
A paz na Colômbia é uma vitória para todos nós, latino-americanos e caribenhos, e nos cabe, na medida de nossas capacidades, contribuir para a perenidade desta conquista.
Rui Falcão
Presidente Nacional
Mônica Valente
Secretária de Relações Internacionais