pt-e-prestigioO Partido dos Trabalhadores manifesta preocupação com a decisão do Tribunal Supremo Eleitoral de Honduras de suspender o processo de apuração dos votos das eleições nacionais realizada ontem no país. Tal suspensão deixa de incorporar cerca de 20% das urnas, sob a alegação de inconsistência nas atas, o que representa cerca de 400 mil votos.
Neste sentido, também expressamos preocupação com o fato do candidato governista proclamar-se eleito antes da conclusão do processo de apuração e com o reconhecimento desta eleição por parte de alguns países do continente com base em resultados parciais.
Manifestamos nossa solidariedade ao partido LIBRE e à companheira Xiomara Castro, que vêm sendo pressionados por setores hondureños e internacionais a reconhecer este resultado parcial como definitivo.
A apuração deve ser retomada e concluída com urgência, de modo que todos os votos sejam contabilizados e que a vontade das urnas seja respeitada.
Rui Falcão, presidente nacional do PT
Iriny Lopes, secretaria de relações internacionais
Valter Pomar, secretário executivo do Foro de SP